segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

2013

Please be awesome!
Um feliz 2013 e espero que entrem com o pé direito :))

sábado, 29 de dezembro de 2012

Disney

Adoro as histórias da Disney vou ficando mais velha e vou-me apercebendo que cada vez adoro mais aquelas histórias de fantasia, sinto que cada história me envolve num mundo onde eu queria mesmo viver, eu sinto que voo para dentro da história e transformo as personagens da minha vida nas personagens das várias histórias e encaixam na perfeição, há sempre um detalhe, uma característica que se identifica e faz com que eu entre completamente nelas.
O meu grande amor vai ser sempre a Disney :))

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

É natal!

Hoje é um dia em que a alegria está no ar, é natal! hoje é o dia em que vamos todos pedir um desejo muito especial, mas vamos deseja-lho com tanta força que ele vai ser tornado realidade, eu espero que sim! Sabem eu acredito que quando nós queremos alguma coisa, se a desejar-mos com muita força ela acontece, vocês não acham? o mundo deve ter um pouco de magia, não a magia que se vê nos filmes mas o amor, a felicidade, a amizade... eu penso que os sentimentos são uma espécie de magia que nos envolve e nós podemos controla-la, basta acreditar...
Um bom natal para todos!

domingo, 23 de dezembro de 2012

Ele

E lá estou a apaixonar-me pela pessoa errada, não dá para explicar, não há forma de fazer isto parar é como se tivesse tornado no meu "mundo". Desta vez o meu coração está a conseguir destingir a barreira que separa a paixão do amor e eu sei que isto é apenas uma pequena paixão não correspondida, mas ele é tudo o que eu precisava agora, acho que por isso é que estou a ficar assim tão encantada. Ele é um rapaz querido, simpático, tem olhos verdes, moreno, atlético, entende-me, dá-se bem comigo, é giro e ultimamente temos andado a falar muito, eu sei que ele apenas me vê como uma amiga mas não consigo evitar pensar nele de outra forma, mas não estou iludida de uma certa forma eu já sei que um dia tenho de parar com estas fantasias todas e acordar para a realidade. Eu sei que não o "amo" mas não consigo explicar o que sinto quando estamos juntos, é como se o meu mundo parasse,todos desaparecem, e só ficássemos eu e ele, sinto-me feliz, e isso chega, ele é um rapaz muito especial, mas eu sei que nunca serei a "tal" para ele...

os meus gostos

Agora não sei porquê apeteceu-me falar acerca dos meus gostos...
Quem sou eu afinal? quando me pedem para me descrever o  meu cérebro pára e chego à conclusão que afinal não me conheço e que sei sobre mim fica reduzido a poucas palavras, parece que por mais anos que passem cada vez me compreendo menos.
Afinal do que é que eu gosto? a resposta a esta pergunta é uma coisa que tem vindo a mudar desde sempre, agora gosto, depois já não, mas depois já volto a gostar, serei a  única a sentir isto? estou certa de que não, a nossa opinião é muito influenciada por tudo o que nos rodeia e esse "tudo" está sempre a mudar logo a nossa opinião também, mas neste momento do que é que eu gosto? gosto de musica, por mais estranho que pareça adoro matemática, gosto dos meus amigos, gosto de pipocas, gosto de calor, gosto de ir ás compras, adoro ver filmes, adoro pizza, gosto do pôr-do-sol, gosto de escrever, adoro falar, gosto de correr, gosto de judo, adoro ginástica, gosto de andar de mota, gosto de passear e gosto de lanchar com uma boa companhia.
O que é que eu não gosto? hoje em dia há tanta coisa que me irrita e que eu não gosto que nem sei por onde começar... Não gosto de pessoas fúteis, não gosto de bicicleta, não gosto de basquetebol, não gosto que entrem no meu quarto, detesto que mexam no meu ipod; computador e telemóvel, não gosto de sapatos desconfortáveis, não gosto de perder o autocarro, não gosto de confusão, não gosto de bêbados, não gosto de chatos, não gosto que me achem burra, não gosto que não me entendam, não gosto de chá e não gosto de pessoas que tentam mudar a minha maneira de pensar.


2013

Estás cada vez mais perto de todos nós, queria que contigo viesse algo fantástico....surpreende-me :))

sábado, 22 de dezembro de 2012

Que fazer?

O meu cérebro diz-me: esquece-o!
A esperança diz-me: vocês ainda vão acabar juntos...
O orgulho diz-me: coitado nem sabe o que perdeu
O coração diz-me: independentemente de tudo é ele que tu amas...

Do jeitinho que tu és

Tu mereces alguém que abra os olhos diariamente e pense: ‘meu, eu estou com ela, eu sou o namorado dela!’. Que goste da tua boca, do teu nariz, do teu ombro, do teu cabelo despenteado, do teu calcanhar, da tua cintura, das tuas mãos, do cheiro da tua pele, das sardas do teu rosto. E isso vai acontecer naturalmente quando te deres conta de que és bonita, com os teus defeitos e qualidades. Um dia serás o amor da vida de alguém, tal e qual do jeitinho que tu és. Por isso, acorda hoje e repete: ‘eu sou bonita’.

Geração perdida

Esta geração está completamente perdida, o fim do mundo era o melhor que nos podia acontecer, como estamos agora apenas somos um desperdício de espaço, sei que pertenço também a ela mas não faço nem metade das porcarias que hoje em dia toda a gente faz...
Começando pelo facebook, um sitio onde raparigas da minha idade e mais novas gostam de brincar ás prostitutas, mas elas são prostitutas que se vendem por pouco, basta uma conversa querida de um rapaz e já estão muito apaixonadas, mas eles apenas as querem "comer". Tenho pena destas raparigas, passam a vida a adicionar pessoas que não conhecem de lado nenhum e a expor a sua vida, mas tudo isto para quê? "tenho mais gostos que tu" parabéns, estás feliz? vais ser conhecida por ser uma vadia, sim maior parte das "conhecidas", são conhecidas por já terem sido muito rodadas, qual é a piada disso? sim pronto agora tem muitos namorados e tal mas e um dia mais tarde? tenho a certeza que nenhum homem vai querer uma mulher que já passou por todos os amigos dele, mas pronto cada um sabe de si.
Na rua o que vemos? raparigas de 13 e 14 anos com decotes enormes, por favor vocês não vão ter mais importância na sociedade por mostrarem o corpo, agora está na moda usar uns calções que mais parecem uns boxers de ganga, isso é ridículo... hoje em dia as raparigas expõem-se demais, penso que fica sempre bem uma rapariga ser um pouco reservada, eu sou assim reservada e não gosto de me expor demais e sou feliz assim e de certeza que as pessoas tem mais consideração por mim.
Qual é a piada de uma rapariga que já mostra tudo?

Dor

Sinto a minha dor toda na garganta, uma sensação imensamente estranha, não sei o que fazer, chorar talvez ajudasse mas neste momento nem isso sou capaz de fazer, só apetece desaparecer para sempre, estalava os dedos e puff nunca tinha existido, não gosto de viver é uma coisa ridícula que para mim não tem sentido, para quê me esforçar se um dia vai tudo embora comigo, não me apetece estar a construir nada aqui quero apenas ir embora, não gosto disto a que chamam viver, porque é que eu tinha que vir ao mundo preferia nunca ter existido mas já que existo espero que estes dias aqui tenham ajudado alguém pelo menos este tempo aqui já não foi um desperdício de oxigénio, menos mal assim...
Sabem aqueles momentos em que nada vos faz bem e apercebem-se de que tudo o que fazem corre mal, e não há uma coisa que aconteça que vos deite cada vez mais para baixo? pois eu sinto-me assim é como se eu fosse apenas um bocado de dor, mas esta dor é uma dor tão profunda que me está a magoar imenso, não a consigo explicar apenas sentir, mas não tenho vontade para sair, não tenho vontade para rir, não tenho vontade para nada, apenas quero ficar para sempre aqui, no meu quarto sem fazer nada, sem dizer nada, apenas irei ficar aqui acompanhada da minha grande amiga solidão.
A dor está a consumir-me cada vez mais, não sei explicar mas isto vai passar...talvez....

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Ajuda-me!

Porque e que tu não tornas tudo mais fácil e vens falar comigo?porque? Eu não consigo já estou farta de deixar indirectas que nunca consigo fazer com que cheguem a ti, um dia quando leres esta coisa toda o que vais pensar? Que eu sou uma atrasada louca por ti? Eu só quero que sejas feliz mas também sinto que estou cada vez mais longe de ti e cada vez menos sei sobre ti, tu estas a ir mas o sentimento insiste em ficar. Ajuda-me que faço? Avanço ou deixo-te ir?


Felicidade!

Hoje até foi um bom dia, diverti-me mesmo muito e estive com as pessoas que gosto e que me fazem sentir bem, mas não entendo, lá no fundo há sempre um pouco de infelicidade, porquê?

soraia :c

Desculpa se tenho andado um bocado a lestes mas acredita que quero saber de ti :c tu és uma bestfriend para mim e acredita que eu odeio dizer isto mas é só para te demonstrar o quanto és importante. Como já te disse tu és e serás sempre uma das pessoas mais importantes para mim. Passa-mos tantas coisas juntas e não me esqueço de nenhuma os nossos romances secretos que só existem nas nossas cabeça a prenda secreta para o xxxxx chega-mos 1 hora mais cedo a um concerto fomos a pé para a sobreda caimos as duas no forum e passamos muitas vergonhas vamos ao forum com o antonio e o edgar para depois ficarmos alones again tu eras aquela pequinina irritante que no fim se tornou na minha confidente :S achas que posso simplesmente desprezar-te e esquecer-me de ti? isso é impossivel tu passas a vida com as tuas lamechices o titanique mas eu adoro-te muito muito :c somos duas parvas que não sabem o que fazer nos fins de semana então fazemos porcaria juntas grin adormecemos a ver o paranormal activity e nessa noite vimos filmes da disney o: detes-to textos grandes que dem muito trabalho a pensar mas por ti fiz um esforço sou a maior preguiçosa do planeta mas sei que gostas de mim assim hahah gostava de conseguir acordar de manha para ir contigo ao joggin ctg mas dá mesmo muito trabalho :c fomos uma vez pronto já foi bom smile HAHAHAHAH este verão todo em que tiveste fora senti mesmo muito a tua faltaa :c mas pronto já tás e não gosto que fiques assim :c "Adoro-te desde a lua até aquii" hahaha

Está a ser impossível

Estou quase a perder a cabeça, vou parar o meu tempo, não pensar no futuro, e enviar-te a mensagem que explica tudo o que ando a sentir. Já tentei simplesmente apagar-te mas está a ser impossível, não consigo mesmo, cada sonho, cada musica, cada filme, tu está em todo o lado, pára! pára de estar só aí, na minha imaginação e vêm para a minha realidade...Hoje vi-te por pouco tempo é verdade, mas esse tempo já fez com que o dia valesse a pena, só queria ter chegado ao pé de ti, poder receber um abraço teu, será que também querias? estou aqui a escrever para o ar... tu nunca irás ler nada disto mas pronto, continuo a deixar as mensagens como se fossem para ti, és tão importante para mim que escrevo-te todos os dias, todos. Gostava de um dia poder mandar mensagens para o verdadeiro tu, mas ainda nem coragem tenho para um simples "olá". Muitos dos textos que te fiz não estão aqui publicados porque não tenho coragem, ainda, talvez um dia...

amei-te, amo-te e vou te amar

Olho para a tua foto e faz-me chorar. Uma lágrima vai caindo percorrendo o meu rosto. Sinto uma coisa estranha, inexplicável. Parece que sufoco. Gostava de te poder dizer tudo o que sinto mas falta-me a coragem... Se ao menos soubesse o quão estou por dentro talvez me tratasses um bocadinho melhor… Sei que te importas comigo, da maneira mais entupida e idiota sei que sim! Mas a tua ausência aleija, sabes?! Sinto que bocados de mim vão desaparecendo cada vez que falas torto comigo ou simplesmente me ignoras… Gostava de olhar-te nos olhos e dizes-te isto tudo e provavelmente muito mais.. Amei-te ontem, amo-te hoje e vou te amar amanhã...

Ana pipoca :)

Ana pipoca? lembras-te quando estávamos a tentar encontrar nomes fofinhos e tu sugeriste que te chamasse-mos pipoca? hahahahah nunca me esqueci de nada do que passamos juntas e já foi muita coisa e mais coisas divertidas virão.
Quando é que nos conhecemos? Não sei ao certo quando nos conhecemos mas sei que foi quando eu saí do judo da SFUAP para entrar no CNS penso que foi a melhor coisa que fiz agr no CNS tenho grandes amizades para a vida somos uma família, estamos la uns para os outros. Há tres anos para cá é que nos começamos a dar melhor a falar mais as duas, comecei a perceber que tu não eras bem aquele desenho feio que as pessoas pintavam, toda a gente te criticava ninguém gostava de ti mas sinceramente tu não és nada do que as outras pessoas diziam, sofres-te muito quando toda a gente esteve contra ti nunca podias errar que caiam logo todos em cima de ti e o pior de tudo é que eles não tinham razão, nenhum deles sabe do estava a falar nenhum deles conheceu a rapariga fantástica e simpática que tu és.
Há certas coisas que eles tem razão não devias ser tão histérica e ás vezes tornas-te um pouco pitinha quando ficas em pânico só porque vês uma pessoa mas ninguém tem o direito de te tratar mal apenas por isso, mas eu sei que estás a fazer um grande esforço para mudar, estás a esforçar-te para te tornares numa pessoa melhor e eu admiro isso e sabes que tens o meu total apoio.
Já disseste tanta estupidez junta, mas eu adoro-te <3 és unica e é isso que te torna especial :)

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

envio? não envio?

Tanta coisa para dizer mas as palavras não saem é como se houvesse algo que as prendesse ao meu interior, acho que há, o seu nome é medo. Será que é um sinal de que apenas me vou "lixar" ou é apenas o medo a estragar a oportunidade de eu ser feliz? Porque haveriam de inventar algo que nos prejudicasse? qual é o sentido do medo? talvez mostrar a força que existe em nós? ou será que o medo não existe e nós apenas andamos para aqui a criar coisas que compliquem o que é simples?
Abro uma conversa contigo, passo tempo a olhar para o teu nome e a ver como estás on, depois passo com o rato sobre o sitio onde se escreve a mensagem fico imenso tempo a pensar no que dizer, olho para a nossa ultima conversa e penso " tu és capaz, é agora envia-lhe, é agora ou nunca, não percas esta oportunidade, vá lá tu precisas de falar com ele, hey? vá lá, manda! manda!" mas as minhas mãos não conseguem teclar nada, simplesmente estão paradas em cima do teclado à espera que por milagre as palavras certas apareçam no chat ou à espera que me digas algo, mas isso não acontece, finalmente ganho coragem começo a escrever uma super mensagem com tudo o que estava guardado pelo malvado medo, mas o  malvado é tão forte e inteligente que consegue sugar as palavras todas para dentro de mim outra vez, apago tudo o que tinha escrito, fecho a conversa, penso "outra vez conseguiste fracassar". Mudo de página vou para o google, começo pensar em nada e a procurar o vazio. Volto à tua conversa, abro e fecho, abro e fecho, repito isto imensas vezes até ficares off e perceber que podia ter dito tudo. Perdi outra oportunidade talvez quando eu a quiser agarrar já vai ser tarde demais...

yes!

Yes, i still love you.
Yes, i still care about you.
Yes, i still think about you.
But no, i don´t want you back.

rapaz (1º texto)

Tu mudaste a minha vida para sempre, aqueles dois últimos dias daquele estágio de judo não me saem da cabeça e já lá vão quase 3 meses.Aquela noite... não entendo, pois tu eras o Guilherme o meu amigo Guilherme lá do judo, aquele que eu adorava partilhar as parvoíces do dia-a-dia, aquele que fazia a aula de judo comigo só para não ter-mos de aturar a Ana, aquele que me entendia melhor e aquele que eu adorava falar, mas tu não eras o príncipe com o cavalo branco que aparecia todas noites nos meus sonhos, para ser sincera eu nunca soube o que era o amor, mas tu és algo completamente diferente de tudo o que eu já senti até agora, algo fantástico, algo que eu nunca esquecerei.Adorava a forma como me agarravas na cintura, como me aturavas nas manhãs em que acordava mal disposta, como me abraçavas, como punhas o teu braço à minha volta, aquele beijinho fofinho na cara, a forma querida como me tratas.te mas não pensei que querias ir mais além, eu nunca pensei que chegasse a acontecer algo entre nós, mas aconteceu e sinceramente não sei bem o que aquilo significou, a única coisa que sei é que agora não sais do meu coração.
Mal nos falamos isto está a matar-me por dentro, mas não consigo voltar a falar-te normalmente é uma sensação super estranha ter o coração a mil, o problema é que estamos tão perto mas ao mesmo tempo tão longe, eu sei que a culpa de continuar-mos desta forma é minha mas é difícil arranjar coragem para te dizer tudo e há muito para te dizer... Eu continuo à procura dessa força que me vai ajudar a conseguir com que tudo fique bem, espero encontrá-la, eu preciso de a encontrar...



rapaz (2º texto)

Hey :) Passado um ano do nosso romance ainda tas na minha cabeça? sinceramente nem eu sei, mas pronto admito que ainda mexes comigo, estou tão confusa... Sinto que cresci agora que leio o texto que escrevi há um ano atrás.Podia ter dado uma oportunidade a um nós e assim não haveriam estas duvidas todas que hoje pairam na minha cabeça será que tínhamos futuro? será que hoje ainda estaríamos juntos? sinto-me arrependida de nunca te ter dito o quanto te amava, o quanto eras importante para mim. Tratei-te mal quando tu merecias todo o meu carinho e todo o meu apoio, desculpa não sabes o quanto eu me arrependo de ter feito isto tu trataste-me sempre como uma princesa e eu nunca te tratei como um príncipe , odeio-me por isso mas será que um dia me vais dar uma oportunidade de te retribuir tudo?

"Eu gosto tanto daquela pessoa, que só quero a felicidade dela, seja comigo ou com outra pessoa, desde que seja feliz é o que importa"

"Eu gosto tanto daquela pessoa, que só quero a felicidade dela, seja comigo ou com outra pessoa, desde que seja feliz é o que importa"
Podemos gostar imenso de uma pessoa ao ponto de a felicidade de essa mesma pessoa prejudicar a nossa?Eu penso que não se gosta de alguém que nos prejudica, por mais que o coração diga que sim há um dia que ele "amadurece" e percebe que afinal não gostava, apenas vivia numa ilusão, estava sobre uma espécie de feitiço sentimental, era um sentimento estranho que não dava para perceber, talvez o coração não entendesse muito bem a barreira que separa a atracção e paixão do amor.
A nossa felicidade não devia ser a coisa mais importante na nossa vida? Não devia? então porque insistimos tanto em estragá-la? porque arranjamos mil e uma formas para acabar com ela? maior parte das vezes ela está mesmo à nossa frente, parece é que não a queremos ver.
A felicidade não é aquilo que andamos todos à procura? supostamente todos procuramos a felicidade, para que nos esforçamos todos os dias? nós fazemos as coisas, que nos fazem felizes e evitamos as que nos fazem tristes, tentamos procurar as coisas que gostamos, e o que gostamos faz-nos felizes? então isso é procurar a felicidade? se sim então todos nós procuramos a felicidade em tudo o que fazê-mos e ela está lá apenas temos de aprender a ver as coisas de outra forma.
Quando é que somos totalmente felizes? Será que há resposta a esta pergunta? Será que existe felicidade total? eu não consigo dizer o que é a felicidade total, porque nunca a senti e penso que nós só conseguimos explicar as situações quando passamos por elas...Quando me sinto feliz, há sempre uma parte em mim que não se sente assim, será que a infelicidade é um complemento da felicidade? se calhar se não houvesse infelicidade nós não conseguiríamos perceber o verdadeiro valor da felicidade, e assim talvez as coisas más tenham uma "boa" importância para a vida. 
Gostamos de alguém mas não somos correspondidos, será que foi amor verdadeiro? o que é o amor verdadeiro?quantas vezes vezes conseguimos gostar a sério? dizem que apenas uma vez na vida, e esse amor verdadeiro vai ficar para sempre contigo, talvez não em físico mas acredita que na tua mente sim. gostar e não ser correspondido, será isso uma coisa assim tão má? então porque tanta gente chora? como é que conseguimos perceber que era amor quando nunca houve uma retribuição da outra parte?
Sinto que não consigo ter a resposta certa para estas perguntas...

já...

Já escrevi uma mensagem enorme e quando chegou a hora de enviar, apaguei-a.Já estive a noite toda a chorar por ti, mas também já me fizeste tão feliz que nem conseguia dormir.Já te odiei tanto, mas tanto, que nem por isso consegui deixar de te amar. Já te disse "fica bem" quando o que queria era dizer-te "amo-te", e já te mandei embora quando a minha intenção era que ficasses. Já ouvi alguém na rua a gritar o teu nome, e ainda olhei para todos os lados para ver se te encontrava. Já vi filmes, assisti séries e ouvi músicas só para poder pensar em ti, mas também já odiei isto tudo por me fazer lembrar de ti.(...) Já fiz isto, fiz aquilo, mas sabes uma coisa? faria tudo outra vez.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

...

Estou mesmo a precisar de descarregar tudo o que tenho dentro de mim, não aguento mais, já tanta coisa misturada que nem sei o que hei-de fazer, será que um desabafo chegará para me ajudar? :´c